A Fabricação do Fertilizante Composto Orgânico

Compostagem Orgânica

27 de Março de 2012

A compostagem orgânica de fertilizante composto é um processo de tratamento de diversos resíduos orgânicos e agroindustriais, como restos de alimentos, lodos biológicos de tratamento de efluentes, materiais filtrantes de agroindústria, cinzas de caldeiras, cama de aviário, bagaços em geral, produtos vencidos, pó de serraria, entre outros. Os materiais passam por um rigoroso controle em todas as etapas do processo, que resultam na produção de fertilizante orgânico.

Por meio da reciclagem do lodo, o potencial benéfico de um material rico em matéria orgânica e nutrientes é aproveitado e, ao mesmo tempo, eliminam-se os riscos ambientais de sua disposição inadequada.

As empresas que destinam seus resíduos para reciclagem por meio da compostagem orgânica além de fazer a destinação correta dos materiais, também deixam de ser responsáveis legalmente por esses resíduos, uma vez que estes passam por uma transformação total em suas características, resultando em um novo produto.

Disposição do lodo desidratado nas leiras

A compostagem é um processo biológico de degradação da matéria orgânica. Os materiais seguem para as leiras, onde os microrganismos degradam a matéria orgânica por meio de processos exotérmicos que geram calor, e consequentemente, aumentam a temperatura das leiras.

Revolvimento com despreendimento de calor na fase termofílica

A matéria orgânica é mantida em temperatura acima de 55°C por mais de 30 dias. Quando a atividade biológica diminui, a temperatura também diminui. Nesta fase a leira do composto é revolvida para promover a aeração e a mistura dos materiais. Se a temperatura mantiver-se estável, é porque o composto está pronto. Esse processo corresponde a higienização de todo o material, eliminando organismos causadores de doenças aos homens e animais.

Aplicação em áreas agrícolas

A compostagem apresenta um produto final com excelentes características agronômicas. O lodo devidamente tratado passa a ser denominado fertilizante orgânico composto classe D, registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) sob o número SP-80610 10000-7. O fertilizante orgânico é fornecido para produtores de citros, eucaliptos, cana-de-açúcar, flores, café e outras culturas.

A aplicação do fertilizante orgânico é realizada de acordo com o Decreto Federal 4.954 de 14/01/2004 e suas Instruções Normativas 27 de 05/06/2006 e 25 de 23/07/2009, atendendo também as disposições da resolução CONAMA nº 375/2006.

COMENTÁRIOS

Resultado da busca