Soluções para a indústria de bebidas

Reúso de água Tratamento de Efluentes Tratamento de Resíduos Industriais

21 de Novembro de 2013

A indústria de bebidas, em conjunto com a indústria de alimentos, consome grande volume de água em sua linha de produção e também no produto final. Esses efluentes precisam de tratamento antes de retornar ao meio ambiente. Além do mais, o efluente tratado pode ser reutilizado nas próprias instalações da empresa, como: lavagem de pisos, irrigação, bacias sanitárias, entre outros. A Nova Opersan oferece diversas soluções para esse segmento. Veja:

 

Operações Dedicadas:

Solução indicada para indústrias, que demandam grandes volumes de efluentes. A Operação Dedicada é uma solução personalizada. Trata-se de um modelo recomendado para clientes onde a combinação distância, vazão e complexidade de tratamento torna a solução customizada e viável para construção da estação no próprio site do cliente, o que também é economicamente mais vantajosa que a destinação em uma planta ou estação de tratamento de um prestador de serviços de soluções ambientais (Tratamento de Efluentes Offsite). Nesta solução, é realizado o desenvolvimento, construção, operação e manutenção de estações de tratamento conforme necessidade do cliente. Tudo isso sem o cliente precisar investir inicialmente na construção da planta.

Dentro desta solução a Nova Opersan trabalha com os seguintes modelos de negócio: Contratos de BOT (Build, Operate and Transfer), BOO (Build, Own and Operate), AOT (Acquire, Operate and Transfer) e AOO (Acquire, Own and Operate).

 

Tratamento de Efluentes Offsite:

No caso de indústrias que demandam pouco volume de efluentes não é necessária a construção de estação de tratamento própria. Dependendo da localização do cliente, o tipo e o volume do efluente, a solução mais adequada é destinar estes efluentes para estação de tratamento compartilhada entre empresas. A Nova Opersan oferece o serviço de tratamento e nessa solução, os efluentes são recolhidos nos clientes e transportados via caminhões até um dos nossos centros operacionais offsite localizados em Jundiaí e Jandira, no estado de São Paulo, Santa Cruz no estado do Rio de Janeiro e em Blumenau no estado de Santa Catarina. Lá os efluentes são analisados em laboratório próprio e passam pelos mais modernos processos de tratamento, respeitando todas as normas ambientais. Só então é feito o descarte responsável de volta à natureza, ou o reúso da água para demandas internas da empresa.

 

Estudo de caso

Mas como esse trabalho é realizado na prática? Para você entender, trouxemos o case de um cliente que precisava realizar a tratabilidade dos efluentes atendendo a legislação ambiental do município de Lorena (SP). Após a produção da bebida é necessário fazer a limpeza/lavagem dos reatores e é este efluente que precisa passar por tratamento para ser destinado corretamente para o meio ambiente. Com base na necessidade dessa indústria de bebida, foi realizada a construção da estação de tratamento (ETE) compartilhada com a empresa subsidiária internacional. A Nova Opersan recebeu a base do projeto e realizou a adequação para o mercado nacional. Veja o fluxograma do processo:

Fluxograma do processo

Gradeamento – Equalização – Bombeamento – Correção de PH – Dosagem de Nutrientes – Nova Equalização – Co-aeração – 2 Tanques de Aeração no Sistema Lodos Ativados – 2 Decantadores – 1 Espessador de Lodo – 1 Adensador – 1 Sistema de Desidratação de Lodo – Polimento do Pré Tratado (saída do decantador) com a utilização de 2 Filtros Multimídia e 1 Ultravioleta).

Resultado: O efluente tratado é caracterizado para reúso.

Quer saber mais a respeito? Entre em contato com nossos especialistas.

COMENTÁRIOS

Resultado da busca