Conheça os custos da água na sua empresa

Reaproveitamento de água Análise de Água Qualidade da água

26 de Novembro de 2013

A escassez de água doce já é tema recorrente, que preocupa empresas e indústrias que precisam dela em sua produção e atividades diárias. Mas para investir em tratamento de água e reúso é necessário pesquisar a melhor solução a longo prazo e que realmente contribua para a necessidade do negócio do cliente. Já escrevemos em diversos artigos sobre a qualidade da água, como as Empresas devem cuidar da qualidade da água utilizada, e hoje abordaremos os custos da água em uma empresa.
Assim, como qualquer tipo de investimento, os custos da água envolvem custos diretos e indiretos, mas também há outro, que está relacionado aos riscos. Nós explicamos:

  • Custos diretos: estão relacionados diretamente aos serviços prestados e pode ser medida de forma fácil e objetiva. Nesse caso, consideramos o preço da água, o custo de investimento de toda a parte operacional do projeto (OPEX) e de investimentos na infraestrutura, com a compra de tecnologias e construção da planta para implantação do projeto (CAPEX);
  • Os custos indiretos: dependem de cálculos, rateios ou estimativas, como os custos administrativos e jurídicos;
  • Custos relacionados aos riscos: podem ser financeiros e regulatórios, temporários, como perda de licença para operar, além de operacionais, como escassez de água e inundações.

Ao considerar todos esses custos, a empresa tem condições de considerar as estratégias certas para diminuir o consumo de água, escolher o tratamento certo, realizar a reutilização, e de qual maneira fazer isso. Ao conhecer os custos da água, os empresários conseguem visualizar a importância de investir em sustentabilidade em vez de comprar soluções prontas que não resolvem seus problemas e diminuem seus custos.
A Nova Opersan, por exemplo, trabalha com as Operações Dedicadas, que são personalizadas para atender as necessidades específicas de indústrias e empreendimentos comerciais que demandam grandes volumes de água para abastecimento, geram grandes volumes de efluentes e que precisam tratá-los dentro de suas próprias plantas. Essa solução considera os três tipos de custos envolvidos no processo para que o projeto seja o mais eficiente e otimizado possível.


Quer saber mais a respeito? Baixe o whitepaper 10 motivos para considerar uma solução BOT de tratamento de água e efluentes.


Quer mais informações sobre o assunto? Leia outros artigos publicados:

Como funciona o Tratamento de Água Industrial?

Conheça os diferentes tipos de ETE industrial

Economia de água está entre diretrizes do saneamento de nova lei

Clique aqui para tirar suas dúvidas

COMENTÁRIOS

Resultado da busca