Você Conhece o Ciclo do Uso da Água?

Qualidade da água

28 de Outubro de 2014

Provavelmente você já ouviu falar no ciclo da água, aquele mesmo que aprendemos na escola. Mas, e o ciclo do uso da água, você conhece? É importante saber que, se você quiser fazer uso sustentável dos recursos naturais, é necessário fazer uma gestão inteligente deles por meio do ciclo do uso da água.

O Ciclo do uso da água pode ser considerado um ciclo interno dentro do ciclo da água na terra. Também conhecido como ciclo urbano da água, corresponde a todas as etapas de utilização desse recurso natural, desde o momento em que é captado até a sua restituição à natureza.

Primeiro, o processo precisa garantir que a água utilizada para consumo humano tenha o devido grau de pureza necessário. Portanto, uma vez retirada do ambiente natural, a água precisa ser adequadamente tratada e distribuída aos usuários por meio de uma rede de instalações (estações de bombeamento capazes de garantir a medição, controle, etc).

Principais fases do ciclo

Captação

Inicialmente a água bruta é retirada do rio, lago ou lençol subterrâneo, possuindo uma certa qualidade e nível de pureza.

Tratamento

Após a captação, a água sofre transformações durante o seu tratamento para adequar-se aos usos previstos, como o abastecimento público ou industrial. O tratamento é realizado em uma Estação de Tratamento de Água (ETA).   

Conheça algumas operações e processos de tratamento de água:  

- Pré-oxidação através de pré-ozonização ou pré-cloragem (com exceção do Brasil, a pré-cloragem está em desuso, uma vez que, o contato do cloro com a matéria orgânica desenvolve um composto tóxico designado trihalometano, não recomendado ao consumo humano);

 

  • Coagulação

  • Floculação

  • Decantação

  • Filtração

  • Desinfecção

 

Adução

A água é então conduzida por adutoras, que pode ser gravítica ou pressurizada. A pressurização é realizada através de uma estação elevatória de água.

Armazenamento

A água é direcionada pra um reservatório quando é necessário guardá-la por um tempo maior.

Distribuição

Aqui ela é, finalmente, conduzida pela rede de distribuição até o ponto de consumo;

Drenagem de efluentes ou Drenagem de águas residuais

Após a sua utilização, a água carregada dos mais diversos compostos (dissolvidos, particulados e grosseiros) é drenada da cidade. Esta já é a água usada, ou seja, esgoto bruto.

Tratamento de efluentes ou Tratamento de águas residuais

É o esgoto tratado. Com o objetivo de remover os principais poluentes, esse efluente urbano passa por um tratamento antes de ser lançado no corpo receptor. A água utilizada nas casas ou em indústrias devem retornar para os rios e corpos d'água com características que não alterem seu ciclo natural.  Por isso, é necessário canalizá-la e depurá-la em ETAR (Estações de Tratamento de Águas Residuais). Assim, a qualidade final do efluente torna-se compatível com a capacidade de biodegradação do meio de descarga.

Algumas operações e processos de tratamento das águas residuais são:

 

  • Gradagem

  • Decantação (primária e secundária)

  • Tratamento biológico

  • Desinfecção

  • Descloragem

  • Descarga ou deposição (quando a água volta a ser restituida à natureza)

 

Apesar de parecer difícil de ser colocada em prática, a sustentabilidade começa a partir da sabedoria individual dos cidadãos. Completar este ciclo e tornar o consumo responsável preserva o meio ambiente e permite que a água volte ao seu estado original para as futuras gerações. Agora que você sabe disso, junte-se a nós e seja também um fiscal da natureza! Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco!


COMENTÁRIOS

Resultado da busca