Saiba os benefícios que o tratamento de efluentes oferece para a sua empresa

Efluentes Industriais

30 de outubro de 2019

Possibilitar uma destinação adequada aos resíduos gerados no processo produtivo de empresas é uma preocupação cada vez maior entre gestores. Afinal, é uma atividade fundamental para preservar o meio ambiente e evitar uma série de prejuízos e sanções legais. Porém, por mais que haja boa vontade, alguns fatores como falta de informação e de mão de obra, pressão por processos menos custosos e grande variedade de leis ambientais podem fazer com que a escolha não seja a mais assertiva. Na mesma medida, há diversos benefícios do tratamento de efluentes quando realizado de forma adequada.

Há algum tempo já é uma realidade para a maioria das indústrias que o tratamento dos resíduos seja realizado de forma rigorosa, seguindo critérios da Resolução nº 430/2011, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA). Essa diz que o descarte de efluentes em corpos receptores só pode ser realizado após o devido tratamento, desde que não cause poluição aos corpos d'água. 

Conheça os benefícios do tratamento de efluentes

Como dissemos, tratar os resíduos é uma medida que deve ser adotada em função das normas ambientais brasileiras. Mas não são somente os protocolos legais a serem beneficiados. Empresas que investem na estratégia obtêm uma série de vantagens. Confira agora os benefícios do tratamento de efluentes para uma organização:

  • Otimização operacional com previsibilidade

Por meio de um tratamento adequado, que pode ser realizado com o auxílio de empresas especializadas, as organização otimizam as operações e podem prever os processos por períodos pré estabelecidos. Por meio de técnicas, equipamentos e sistemas apropriados, há a otimização das operações e minimização de custos. Além disso, a partir da previsibilidade a tomada de decisão se torna mais assertiva.

  • Preservação do meio ambiente

Entre os principais benefícios do tratamento de efluentes está a preservação ambiental. Inclusive, não é à toa que a legislação ambiental é tão rigorosa com as indústrias. Além de utilizarem o triplo da água quando comparado ao uso doméstico, o setor é o principal agente poluidor do solo e da água, em função de resíduos como cinzas, gases, metais, cerâmicas, esgoto e outros tipos.

Desse modo, garantir que os resíduos sejam tratados de forma adequada para que estejam prontos para o descarte se reflete na sobrevivência das próximas gerações, no entorno das organizações e na minimização dos danos ambientais.

  • Branding

A preocupação com o meio ambiente por meio de ações práticas e sustentáveis é valorizada pelos públicos de interesse das empresas. Nesse aspecto, é fundamental que políticas e procedimentos de redução de impactos ambientais sejam claros,  assim ao reforçar esse posicionamento junto ao mercado, a organização cria uma imagem diferenciada.

Levando  em conta os itens destacados acima, é essencial escolher com atenção o modelo operacional adequado para o tratamento dos efluentes. Existem casos em que a melhor alternativa para a empresa seja a terceirização, na qual destinam seus efluentes por meio de caminhões para unidades externas, denominado tratamento OffSite. Mas, há também o tratamento OnSite onde todo o processo ocorre dentro da própria empresa com o auxílio de prestadoras de serviços especializadas que projetam, constroem e operam estações de tratamento de águas e efluentes dedicadas.

Esse tipo de escolha deve ser feita por empresas especializadas e com reputação reconhecida no mercado, que possuem know how para analisar cada necessidade e decidir um caminho seguro para o sucesso operacional de um negócio.

Guia Opersan onsite ou offsite

COMENTÁRIOS

Resultado da busca